sexta-feira, 18 de novembro de 2016

SPP 2016: Lista de Apresentação das Comunicações Aprovadas.


Associação dos Agentes de Patrimônio da Amazônia - ASAPAM parabeniza a todos os comunicadores que tiveram seus trabalhos aprovados para serem apresentados na Semana do Patrimônio Paraense 2016. Abaixo segue a relação de trabalhos aprovados com dias e horários de apresentações:


O local de apresentação das comunicações será no Auditório do IPHAN (Gov. José Malcher, esquina com a Benjamin Constant).

OBSERVAÇÕES:
  1. A organização do evento solicita que todos os comunicadores estejam presentes 30 minutos antes de suas apresentações.
  2. Cada apresentação terá a duração de 15 minutos. A cada três apresentações haverá um debate de aproximadamente 15 minutos.
  3. Os comunicadores poderão utilizar de equipamentos do evento para suas apresentações tais como: datashow, microfone, som, etc.

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

SEMANA DO PATRIMÔNIO PARAENSE 2016: Patrimônio Imaterial - Concepção, Abrangência e Valorização.


O Dia do Patrimônio Histórico e Cultural do Estado do Pará é comemorado em 5 de novembro. Foi sancionado pelo governo estadual, por intermédio da Lei de n° 7. 515, de 28 de abril de 2011, que tem por objetivo incluir no calendário paraense esta data.
Para lembrar a importância da valorização do patrimônio local e da promoção de ações de conscientização da população sobre a relevância dos símbolos culturais e imateriais do nosso Estado a Associação dos Agentes de Patrimônio da Amazônia - ASAPAM, membro da Rede Casas do Patrimônio - Pará, promoverá entre os dias 21 e 25 de novembro de 2016 a SEMANA DO PATRIMÔNIO PARAENSE - SPP 2016.

Em comemoração a essa data vamos realizar pelo sexto ano consecutivo uma intensa programação de mesas-redondas e palestras, além de apresentações de trabalhos desenvolvidos nas áreas do patrimônio cultural, artístico e social, por profissionais e estudantes dos diversos campos do conhecimento que dialogam com a temática escolhida para esta semana: "Patrimônio Imaterial: Concepção, Abrangência e Valorização".

O evento pretende fomentar o debate sobre a importância do exercício da cidadania participativa para a preservação, difusão e defesa do patrimônio cultural paraense, bem como apontar uma rede de iniciativas que promovam atitudes de conservação e salvaguarda de nossas vertentes   regionais e cultura tradicional.

SEMANA DO PATRIMÔNIO PARAENSE 2016 tem o apoio do Departamento de Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural - DPHAC/SECULT,  Universidade Federal do Oeste do Pará - UFOPA, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN e Ministério da Cultura - MINC.

SERVIÇO:
SEMANA DO PATRIMÔNIO PARAENSE 2016
Patrimônio Imaterial: Concepção, Abrangência e Valorização.
Data: 21 a 25 de novembro de 2016.
Local: Auditório do IPHAN (Av. Governador José Malcher, esquina da Travessa Benjamin Constant).
Informações:
patrimoniocomunicacao@gmail.com

Informações para inscrições e apresentação de trabalhos no link abaixo:

SPP 2016: Admissão de resumos para Semana do Patrimônio Paraense 2016.


REGRAS

Modelo para os resumos a serem submetidos à
SEMANA DO PATRIMÔNIO PARAENSE - SPP 2016 

Título:
Nome do(s) autor(s) e nota de rodapé com as respectivas informações sobre formação, atuação profissional e contato (e-mail).

Resumo: O resumo deverá ser constituído de uma sequência de frases objetivas, não ultrapassando 500 (quinhentas) palavras, em até três parágrafos. No resumo deve ser destacado, de modo sucinto, o problema estudado, objetivo, métodos utilizados e conclusões/resultados mais importantes. Adotar fonte Times New Roman tamanho 11 (onze), em itálico, com parágrafo justificado (recuos esquerdo e direito iguais a zero).

Palavras-chave: Logo abaixo do resumo devem ser colocadas 3 (três) a 5 (cinco) palavras-chave, separadas por ponto-e-vírgula, com a primeira letra de cada palavra em maiúscula e finalizada por ponto. Espaçamentos – antes: 12pts; depois: 0pt; entre linhas: simples.

Obs1: Estudantes de graduação também podem enviar trabalhos.
Obs2: Após a aprovação do resumo, enviar o comprovante de depósito com os seus dados, com o assunto: COMUNICAÇÃO.

Inscrições para apresentação de trabalhos
(Comunicações):

VALORES: 
R$ 20,00 Estudantes
R$ 40,00 Profissionais
Obs.: comprovante de depósito em anexo.

DADOS BANCÁRIOS:
Banco do Brasil
AG: 3860-1
CC: 21.251-2
Verena C. Merícias


PRAZO DE ENVIO:
  ENCERRADAS

Inscrições para participação na SPP 2016
(Ouvintes):

Enviar para o e-mail: semanadopatrimonio2016@gmail.com

ASSUNTO: Inscrição SPP 2016

DADOS NO CORPO DO E-MAIL:
Nome Completo: _________________________________
Data de Nascimento: ____ / ____ /____ 
Endereço: ______________________________________
Instituição: _____________________________________
Ocupação: ______________________________________
E-mail: ________________________________________
Telefone: (__) ______-_______

VALORES: 
R$ 15,00 Estudantes
R$ 30,00 Profissionais
Obs.: comprovante de depósito em anexo.

DADOS BANCÁRIOS:
Banco do Brasil
AG: 3860-1
CC: 21.251-2
Verena C. Merícias

PRAZO DE ENVIO:
21 de Novembro de 2016

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

ROTEIRO GEO-TURÍSTICO: Pela Estrada de Nazaré.


ROTEIRO GEO-TURÍSTICO
PELA ESTRADA DE NAZARÉ

O GGEOTUR - Grupo de Pesquisa de Geografia do Turismo da Faculdade de Geografia e do Programa de Pós-Graduação em Geografia da UFPA, convida a todos para participarem do roteiro do projeto de extensão.

INSCRIÇÕES: 
https://goo.gl/kqy09L

PROGRAMAÇÃO:
Dia/Horário: 12 de Outubro de 2016 - Quarta as 08h30
Saida: Porta Principal do Mercado de São Brás

INFORMAÇÕES:
roteirosgeoturisticos@gmail.com
http://www.facebookcomroteirosgeoturisticos 

OBSERVAÇÕES E RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES
1. Ir com tênis, boné, protetor solar e roupas leves,
2. O roteiro é a pé pelas ruas, não entramos nos prédios e termina por volta do meio dia.
3. O roteiro será realizado mesmo com chuva, recomenda-se levar guarda-chuva e capa de chuva.

EVENTO: I Encontro de Patrimônio Cultural e Sociedade.


O I Encontro de Patrimônio Cultural e Sociedade, promovido pelo curso de História da Universidade da Amazônia - UNAMA com apoio do Departamento de Patrimônio Histórico Artístico e Cultural - DPHAC/SECULT será realizado nos dias 13 e 14 de outubro de 2016. Pretende-se discutir e proporcionar um debate amplo entre a academia e a sociedade, disseminando a importância do debate sobre patrimônio cultural em uma perspectiva interdisciplinar e ampla, sobretudo estabelecendo diálogo com diversos setores da sociedade.

Por patrimônio cultural compreendem-se as diversas manifestações culturais, materiais e imateriais produzidas pela cultura humana em sociedade. Portanto, um conjunto de práticas, valores e bens reconhecidos e identificados como fundamentais para a manutenção da memória e das identidades. Em decorrência disso, a referida tem sido um dos principais e mais relevantes temas, suscitando importantes debates na contemporaneidade.

O I Encontro de Patrimônio Cultural e Sociedade propõe por meio de conferências, mesas redondas, grupos de trabalhos (com apresentação de trabalhos) e oficinas, ser mais um espaço de debate e produção de conhecimento sobre a importância do patrimônio em nossa sociedade.

SUBMISSÃO DE TRABALHOS 
encontropatrimonio2016@gmail.com

INFORMAÇÕES
(91) 99137-0683 
(91) 98376-1365 
(91) 98165-3317 

FOLDER DO EVENTO



VISITA REFLEXIVA E RODA DE CONVERSA: "Círios de Nazaré: Transformações, Permanências e Rupturas".


A Superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN/PA) e o Sistema Integrado de Museus e Memórias (SIM/SECULT), com o apoio da ASAMAB e do Museu do Círio, convida a todos os interessados a participarem da Visita Reflexiva e Roda de Conversa “Círios de Nazaré: transformações, permanências e rupturas”, que acontecerá em 07/10/2016, das 08h30 às 13h00.

O tema escolhido trará à discussão as várias faces do Círio em Belém/PA, tendo como delineamento as mudanças e permanências que ocorreram na festividade desde seu registro pelo Iphan como Patrimônio Cultural do Brasil em 2004, até a atualidade, momento no qual iniciaremos o processo de Revalidação da festa, que consiste em um processo de avaliação do bem cultural registrado e das políticas e ações implementadas para a salvaguarda do Círio, ao final é deliberada a manutenção do título como Patrimônio Cultural do Brasil.

Nossa visita reflexiva iniciará às 8h30 na Feira do Miriti, que ocorrerá na Praça Dom Pedro II. O Profº Amarildo Ferreira Júnior nos conduzirá dentro da Feira, para conhecermos um pouco mais do universo lúdico e poético que envolve a produção e comercialização dos brinquedos de miriti. Às 9h, seguirá para o Museu do Círio, onde (re)visitaremos este espaço dedicado à memória do Círio em seus momentos e gestos mais emblemáticos. Às 10h, a roda de conversa com pesquisadores e especialistas no Círio de Nazaré nos fará viajar e pensar sobre esta grande festividade paraense, enquanto uma festa com elementos que ultrapassam o sagrado e o profano, que é vista e vivenciada de diferentes maneiras por milhares de pessoas, tanto em Belém quanto fora da capital e do estado.

Convidamos para a roda de conversa o Profº Gilmar Matta da Silva (Mestre em Antropologia/UFPA), a Profª Regina Alves (FACOM/UFPA), o Profº Amarildo Ferreira Júnior (IFRR, NAEA/UFPA e IVIC/Venezuela), a Profª Larissa Latif (Universidade de Aveiro) e Eloi Iglesias (Produtor Cultural e organizador da Festa da Chiquita). O evento será realizado no miniauditório do Museu de Arte Sacra.

A Praça Dom Pedro II, o Museu do Círio e o miniauditório do Museu de Arte Sacra (espaço “Feliz Lusitânia”) estão localizados na Rua Padre Champagnat, Cidade Velha, seguindo o mapa abaixo. O ponto de encontro será na entrada da Feira de Miriti.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

PALESTRA: Viabilidade Turística do Centro Histórico de Belém.


Uma nova e fundamentada proposta de intervenção turística e cultural nos bairros do Centro Histórico (Campina, Cidade Velha e adjacências). É o que pretende elaborar o projeto de extensão da Universidade Federal do Pará, intitulado “Viabilidade Turística no Centro Histórico de Belém: intervenções turísticas-culturais integradas ao Projeto Circular no Centro Histórico de Belém /PA”.
O projeto será coordenado por Diana Alberto, pela Faculdade de Turismo da Universidade Federal do Pará - UFPA, em parceria com os professores Goretti Tavares, da Faculdade de Geografia, e Silvio Figueiredo, do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, e Makiko Akao, do Projeto Circular. As atividades já iniciarão em outubro, com objetivo de dinamizar o aproveitamento de diferentes setores presentes nesta área da cidade, para a efetivação de um turismo cultural e sustentável.
OFICINAS E ATIVIDADES DIVERSAS
O projeto vai oferecer dinâmicas culturais, sociais, econômicas e turísticas, que serão aplicadas para fomentar o desenvolvimento de atividades ou temáticas sobre Turismo, Patrimônio e Cultura no Centro Histórico de Belém, num exercício de aproximação e empoderamento das pessoas que vivem e/ou trabalham nestas áreas de patrimônio e diversidade cultural, ou mesmo das que estão de passagem, como turistas, ou ainda simples transeuntes desavisados, interessados no assunto.
A ideia é que além de ser lugar da economia da cidade, o Centro Histórico possa se tornar referência cultural e turística no país e lugar de desejo aos que vem de mais longe ainda. "Nesta área temos espaços com música, gastronomia, arte, fotografia, artesanato, e também lojas, camelôs. Tudo isso pode potencializar o Centro Histórico de Belém enquanto espaço criativo de cultura e economia”, diz Diana Alberto, coordenadora do projeto.